Vidências - Horóscopo - taro - Adivinhação - Isso existe?

Encosto, como retirar. Larvas astrais etc

“Larvas astrais, os famosos encostos são que causam a maior parte de nossos problemas”, é isso que dizem alguns sites que supostamente desfazem os conhecidos feitiços de amarração.”

Veja abaixo uma análise dessa questão.

Encosto espiritual, larvas astrais, expulsar espíritos

larva astral! Miasma!

Um conhecido site que oferece serviços de libertação de feitiços de amarração explica: “(…) grande parte dos problemas que passamos, que aparentemente não tem explicação física ou cientifica, são causados pela presença de larvas astrais ou os famosos encostos. Se você está com a vida estagnada, tem dores nas costas e na cabeça, zumbidos no ouvido ou vê vultos, sente-se depressivo, acha que sua vida não tem mais jeito e tem pensamentos de morte, saiba que você deve estar sendo influenciado, certamente, por energia de pessoas mortas”

O que é larva astral?  Cara, das esquisitices que já encontramos na internet essa foi uma das piores. Segundo outro site a tal “larva astral” é: “larva astral ou parasita, erroneamente confundida com espírito ou como alma, nada mais é que um resíduo de energia em dissolução desprendidos das pessoas após a sua morte. Essa energia, como reflexão física, vaga em busca da satisfação dos instintos e sensações que lhe compraziam, quando seu antigo hospedeiro estava vivo”

Nada mais é que um “resíduo de energia em dissolução”(!!!) Como se isso fosse algo simples, uma energia em dissolução, se desfazendo, deve ser isso (risos). Segundo o site feitiçosdeamarracão.com essa energia pensa e sente prazer, pois está em busca de se satisfazer com as sensações que tinha antes de seu hospedeiro morrer (!!!).

Outro site diz que: Como vemos, as larvas astrais surgem dos excessos e desequilíbrios físicos, emocionais e espirituais de toda sorte, pela repetição contínua de uma mesma conduta, física e/ ou mental, o que causa o acúmulo de energias mais densas em determinadas regiões do organismo, as quais se organizam na forma de colônias de microorganismos astrais.

Caro leitor, a verdade é que isso NÃO EXISTE. O primeiro site diz que é a larva astral que causa até zumbido no ouvido, ora, uma pessoa muito íntima nossa nos revela que esteve exposta a um som muito alto, que afetou gravemente sua audição, causando uma perda auditiva, numa certa faixa de freqüência, essa perda é suprida pelo cérebro pelo tão conhecido zumbido.

Se você quer se tornar escravo de algum charlatão que “aceita contribuições” para te livrar das tais larvas astrais, dos vibriões ou retirar um encosto, tudo bem. Mas já que pesquisou sobre o tema creio que esse não é o caso. Ao que parece você quer saber mais sobre esse assunto.

Jesus Cristo, o mestre dos mestres, o rabino dos rabinos, curou algumas pessoas na sua curta passagem aqui pela terra, entre elas estavam alguns acometidos por enfermidades atribuídas a essas “energias”. Obvio que enfermidades, em sua grande maioria são causadas por má alimentação, vírus e bactérias. Vejamos alguns casos de enfermidades espirituais e orgânicas:

1 – O cego de nascença – João 9.1 E, PASSANDO Jesus, viu um homem cego de nascença. 2  E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? 3 Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus. 4 Convém que eu faça as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar. 5 Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo. 6 Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego. 7  E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo.

Esse cego possuía um problema orgânico de nascença, e foi curado por Jesus.

2 – O endemoniado Gadareno – Marcos cap.5 — > O qual tinha a sua morada nos sepulcros, e nem ainda com cadeias o podia alguém prender; 5  E andava sempre, de dia e de noite, clamando pelos montes, e pelos sepulcros, e ferindo-se com pedras. 6  E, quando viu Jesus ao longe, correu e adorou-o. 7  E, clamando com grande voz, disse: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? conjuro-te por Deus que não me atormentes. 8  (Porque lhe dizia: Sai deste homem, espírito imundo.)

E Jesus logo lho permitiu. E, saindo aqueles espíritos imundos, entraram nos porcos; e a manada se precipitou por um despenhadeiro no mar (eram quase dois mil), e afogaram-se no mar. 14  E os que apascentavam os porcos fugiram, e o anunciaram na cidade e nos campos; e saíram muitos a ver o que era aquilo que tinha acontecido. 15  E foram ter com Jesus, e viram o endemoninhado, o que tivera a legião, assentado, vestido e em perfeito juízo, e temeram

Esse homem possuía um problema espiritual causado por vários demônios, que foram expulsos por Jesus e enviados aos porcos. O homem ficou curado

Existem duas forças antagônicas. De um lado está Deus e de outro, o mal, conhecido como diabo, satanás e outros nomes feios. O lado mau procura cada vez mais disfarçar sua ação, muitas vezes ensinando  que o mal não existe, ou criando explicações “científicas” para aprisionar pessoas que pagam qualquer preço para se verem livres de incômodos supostamente causados por trabalhos feitos, amarrações, larvas astrais, energias psíquicas etc. Temos a certeza absoluta que qualquer enfermidade causada por motivos espirituais será curada no momento que uma pessoa decide acreditar em Jesus Cristo como aquele capaz de ser seu substituto, recebendo sobre si a punição pelos erros, pecados de tal pessoa. A fé real é seguida da criação de um novo ser humano, renovado de mente e puro diante do reino espiritual, que não tem mais poder sobre ele.

“Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías, que diz: Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e levou as nossas doenças.” (Mateus 8 : 17)

“Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado. 14 Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça. (Romanos 6.6 e 14)”

Veja o que São Pedro fala sobre esses falsos mestres, videntes e curandeiros espirituais:

“E TAMBÉM houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.”  (II Pedro 2 : 1)

Nós da ZONABRANCA Cremos que o ser humano é inteligente e deve buscar entender o reino espiritual, investigue e verifique que Deus quer resgatar o homem novamente para junto de si, e faz isso por meio de Jesus, o único que teria poder para receber sobre si a punição pelos erros de cada ser humano, simplesmente por amor, de graça, pois não poderíamos pagar semelhante ação.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

eXTReMe Tracker