Vidências - Horóscopo - taro - Adivinhação - Isso existe?

Técnicas de Manipulação para mudança de comportamento

Técnicas de Manipulação para mudança de comportamento.  Dominação da sociedade, manipulação da sociedade de maneira sistemática. As ações são executadas sistematicamente e se as reações da sociedade são dentro do previsível as etapas vão se sucedendo até que se alcance o objetivo. O processo todo, a depender da mudança pretendida, varia de duração, pode levar meses ou décadas.

Exemplo: incesto, pedofilía. Novas relações familiares etc.

manipulação e comportamento

  Neste artigo vamos dissertar brevemente sobre a manipulação da sociedade no sentido de induzir a população a considerar comum praticas que antes eram consideradas hediondas, entre estas citamos: o aborto, homossexualismo, a pedofilia e o incesto. Este último desde a época de Platão é considerado como pratica repulsiva. Platão emA República menciona que se o incesto foi consumado, devem ser prescritas "ordens estritas para prevenir que o feto saia à luz", sustenta ainda que nos casos de famílias incestuosas deveria ser interrompida a descendência. Frente a essas colocações concluimos que o icesto é preocupação da sociedade há pelo menos vinte e cinco séculos.

MANIPULAÇÃO – Segundo Noam Chomsky existem três principais técnicas básicas usadas pelas elites para uma manipulação efetiva de grande número de pessoas.

a) Estratégia da diversão– Elemento indispensável ao controle social, a estratégia da diversão consiste em desviar a atenção do público dos problemas mais importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas, graças a uma enxurrada ininterrupta de distrações e informações insignificantes e desnecessárias. Se você observar bem a maior emissora de TV do Brasil cada vez mais adota um tom divertido em quase todos os seus programas, induzindo a população a encarar a realidade sempre com o chamado "bom humor", como se o quotidiano fosse algo lúdico. (Veja o artigo: Não seja o PALHAÇO da comédia BRASIL)

b) Estratégia do esbatimento (progressão da intensidade) Para fazer aceitar uma medida inaceitável basta introduzi-la progressivamente, de forma gradual, ao longo de alguns anos. É geralmente deste modo que as modificações sociais são impostas.

c) Dirigir-se ao público como se fossem crianças. O povo tende a confiar naqueles que assumem um perfil tipo paizão, ou tipo professor. É  algo que nos foi socialmente colocado desde a infância.

 

AsTÉCNICAS mostradas ABAIXO, SE DESTINAM TANTO A GRUPOS QUANTO A INDIVÍDUOS ISOLADOS

 

ATRIBUIR A UMA ATITUDE, IDEIA OU FILOSOFIA DE VIDA UMA SUPOSTA AMPLA APROVAÇÃO, que na verdade não existe. 

"Frases do tipo: "__Na manifestação 'tal' compareceram dois milhões de pessoas", levam a crer que a citada manifestação, procissão ou passeata teve uma aceitação ampla.

Outro exemplo: "todos sabemos que é preciso liberar a maconha…". A frase nos inclui e a todos que conhecemos, como se fossemos supostos apoiadores da ideia colocada.  É técnica muito usada por comentaristas de telejornais.

Tendemos naturalmente então a simpatizar com tal ato, ou opinião. Como seres sociais que somos quase sempre damos mais crédito àquilo que tem aprovação de grande número de pessoas.

USAR A REGRA DO FAVOR – RETRIBUIÇÃO. Receber uma amostra grátis no mercado tem grande possibilidade de levar você a adquirir o produto, não pelas qualidades que supostamente possui, mas porque está instalada em sua mente a regra da reciprocidade (retribuição), que diz que quando se recebe um presente ha necessidade de uma atitude de retribuição, como forma de agradecimento, e essa é uma noção inquestionável na sua mente, foi implantada enquanto você era ainda uma criança.

Se você comeu ou bebeu da amostra grátis e se recusa a comprar o produto estará se recusando a retribuir o favor, e isso não é algo educado, para não comprar você luta contra si mesmo, contra paradigmas implantadas em sua mente.

DAR ASPECTO DE AUTORIDADE A QUEM PROPAGA UMA IDÉIA OU PRODUTO. (Derivada à técnica da infantilização) Nossa mente trabalha sempre por atalhos mentais, com o aprendizado nós os construímos de maneira bem sólida, por exemplo, quando criança aprendemos que o professor é quem sabe tudo e que devemos seguir as suas recomendações para obtermos êxito. Depois de adultos, frente a uma decisão, vamos automaticamente "decidir" por um produto ou opção que concorde com a indicação de uma pessoa que possua características de autoridades como médicos, pais, professores etc..

(Nada é mais ofensivo para a maioria das pessoas que a ideia de que alguma força esteja manipulando e alterando suas vidas silenciosa e invisivelmente. Algumas pessoas reagem bem negativamente, se sentem violadas, quase que estupradas. Talvez por isso você até combata interiormente contra artigos desse tipo).

E VOCÊ, como reage a isso?

A MANIPULAÇÃO da sociedade ocorre em todos os níveis sociais e sempre visa mudanças de comportamento em diversos âmbitos, neste artigo vamos usar O INCESTO para exemplo de como as técnicas podem ser usadas.

Você sabia que dos primeiros dez resultados no Google acerca de incesto, pelo menos seis consistem de sites que exaltam esse comportamento?

Sobre o Sexo antinatural e o INCESTO.

    Interessantíssima a manchete de alguns telejornais na terça, dia 8 de abril/08, versaram acerca de um pai que se casou com a própria filha, tiveram alguns filhos, e inclusive um deles nasceu com um sério problema genético. 

    Em fevereiro e março de 2009 – o assunto voltou à tona, a mídia divulgou os julgamentos de um austríaco (Josef Fritzl) e um polonês (Krzysztof) por terem abusado sexualmente de suas próprias filhas. Amado leitor, esteja atento, esse assunto tem sido muito debatido ultimamente, e, por enquanto, é um TABU. Se aparecerem psicólogos ou sociólogos discutindo e explicando esse tipo de atitude provavelmente será uma preparação para que seja visto com mais condescendência. Ha algum tempo nem poderia se falar em incesto, era algo hediondo, hoje já se discute, daqui ha algum tempo pode ser que seja dada oportunidade para alguns defensores dessa prática manifestarem sua opinião em público.

Há um método interessante, o descrevemos abaixo.
ele é dividido em algumas etapas.

Etapa 1.

Alguma ação, ou PRÁTICA TÃO OFENSIVA que nem poderia ser discutida em público é divulgada de forma estrondosa na TV e algumas mídias, depois de atacada por algum tempo é EXPLICADA, por um "especialista" RESPEITADO em um fórum ou programa também RESPEITAVEL…

Etapa 2.

A princípio, o público fica CHOCADO, revoltado, só a lei e as normas de comportamento impedem uma reação violenta. Progressivamente a revolta se atenua, passando para a simpels indignação. Se os atos de repúdio, protestos e reações forem dentro da normalidade, do que permite a lei, provavelmente acabarão servindo aos propósitos do manipulador. Se a reação dos infignados ocorreu dentro do previsível e serviu apenas para aumentar a discussão sobre o tema, é a próxima etapa do processo. 

Etapa 3.

No entanto, o SIMPLES FATO de que tal ato asqueroso tenha sido debatido publicamente faz com que se torne "O" ASSUNTO do momento e o público começa a pensar a respeito, já aceitando que ele ocupe lugar na sua mente. É um processo… que faz com que a indigação seja cada vez menor.

Etapa 4.

No processo, a REPETIÇÃO PROLONGADA do assunto chocante em discussão gradualmente vai ANULANDO seu efeito asqueroso e ele logo se torna suportável para ser discutido.

Etapa 5.

Agora as pessoas NÃO ficam mais chocadas com o assunto. 

Etapa 6.

Não mais indignadas, as pessoas começam a DEBATER posições para moderar o extremo, ou ACEITAM a premissa, e até compreendem quem pratica tal ato, tolerando, de acordo com o CONTEXTO em que foi praticado.

Etapa 7.

Tal prática passou agora a ser aceita.

MUNDO TODO

Este método de modificar comportamentos profundamente arraigados das pessoas está sendo direcionado com sucesso aos povos do mundo todo; Milhões de pessoas estão experimentando mudanças de comportamento em uma ampla variedade de assuntos hoje em dia. Cabe-nos refletir para quem interessa a criação e modificação de nossos costumes e práticas. Notem que a família tradicional é uma das instituições mais atacadas por meio dessas técnicas de modificação de comportamento social.

Já há algum tempo que falamos acerca de técnicas de manipulação, cuidado para que não sejamos levados a tolerar o antes intolerável.

NOVAS FORMAS de "família".

    Foi assim com o casamento entre pessoas do mesmo sexo, antes o assunto era um TABÚ, sequer podia-se comentar acerca dele em rodas de amigos, muito menos na TV. Contudo, sutilmente ele foi colocado, até que nos acostumamos a vê-lo em discussão. Depois de algum tempo passou-se a comentar as colocações dos "especialistas" que citavam as razões e contextos em que as praticas homossexuais aconteciam. A maioria dos "especialistas" reprovava o comportamento, mas um ou outro "especialista" renomado e aceito como sensato justificava e até aprovava.

    Depois disso já se admitia que o comportamento pudesse ser socialmente aceito.  Sutilmente a opinião pública ia sendo moldada a aceitar tais comportamentos, e aos poucos… deixamos de nos escandalizar.

     Finalmente hoje sabemos que a união civil entre pessoas do mesmo sexo já é permitida em vários locais, inclusive se fala em adoção de filhos, o que causaria uma reviravolta nos padrões tradicionais, estipulados há muito tempo para a família. Se unir com uma pessoa do mesmo sexo é uma escolha pessoal, mas quando se fala em adoção essa questão deixa de ser pessoal, envolve uma criança, que não tem ainda possibilidade de decidir sobre seu futuro, e muito provavelmente tenderá a adotar a posição sexual de quem cuida de sua educação.

       É obvio que pessoas que assumem comportamentos homossexuais não são devem ser consideradas marginais, nem párias. Muito pelo contrário, têm todo o direito de assumir e defender a postura que consideram mais correta. Nós, que adotamos e defendemos a postura heterosexual e a família natural temos também o direito de defender e falar sobre nosso ponto de vista, e é isso que fazemos aqui.

“Constituição – Capítulo VII – 226 – – 3º Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento”.

   Depois de ler esse artigo é importante que você admita, ou pelo menos considere a possibilidade de existir uma grande conspiração que visa criar um senso comum universal e conduzir a humanidade para um objetivo, e esse objetivo é diametralmente oposto ao que Deus, o supremo criador, planejou para o homem. Exerça sua inteligência e volte-se para Deus, que jamais te obrigará a fazer algo que não deseja. Ele deixou uma mensagem importante para o homem.

   Deus amou o mundo de tal maneira que Deu seu único filho para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha vida eterna.

   Volte-se para Jesus, o filho de Deus. Ele é a verdade que liberta e tira as vendas que cégam o entendimento dos homens.

“Código civil Art. 1.514. O casamento se realiza no momento em que o homem e a mulher manifestam, perante o juiz, a sua vontade de estabelecer vínculo conjugal, e o juiz os declara casados”.

INCESTO

       Pouco discutido entre a população de uma forma geral, principalmente por envolver  questões familiares, o incesto é uma realidade próxima do cidadão comum. Estudo realizado na França pelo Instituto Ipsos no início de 2009, para a Associação Internacional de Vítimas de Incesto (AIVI), revelou que cerca de dois milhões de pessoas se apresentaram como vítimas de incesto – 3% da população – e que mais de 25% dos habitantes conhece algum caso de incesto, o que representa 19 milhões de pessoas. No Brasil, ainda não há uma estatística oficial sobre o assunto, mas, se os mesmos percentuais dissessem respeito ao nosso país, a constatação seria de que aproximadamente 5,3 milhões de pessoas já foram vítimas de ofensas sexuais na família e 47,5 milhões teriam conhecimento de algum caso de relacionamento incestuoso. http://zonabranca.com

Promessas de vidência online, amor de volta e outras falcatrúas

Ha sites interessantes que desvendam essas questões. http://www.cacp.org.br/santo-daime-o-culto-do-cipo/

Cada um tem o direito de praticar aquilo que acha correto, mas não abrimos mão de defender os nossos pontos de vista.

Robson A.DSilva

Veja o TEXTO – MANIPULAÇÃO Da LINGUAGEM, você nem imaginava, mas ja foi afetado.

1 Comment

  1. Regina Regina
    December 22, 2015    

    É exatamente isso. Gostei muito da matéria e do posicionamento do autor frente ao tema discutido.
    Valores morais e cristãos não se modernizam. São únicos e eternos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

21 + = 29

EXTREME

eXTReMe Tracker